quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Nos ônibus da cidade, moradores de Sabará dividem lugar com parte da história do município

Os moradores de Sabará estão tendo novos companheiros de viagem, nos ônibus da cidade. Lâminas supesnas com barbantes e que mostram fotos antigas da cidade - considerada um dos celeiros patrimoniais e culturais do estado de Minas Gerais - e poemas de sabarenses do outro, narram aos usuários do transporte público a evolução e transformação de pontos, culturas e cenários de Sabará.

Estas lâminas fazem parte da Campanha de Compartilhamento de Fotos Antigas, que é uma parceria da ONG Ação Faça uma Família Sorrir (AFFAS), em parceria com a empresa VINSCOL e o programa A Tela e o Texto, da UFMG, e tem como objetivo promover uma interação, entre os sabarenses, e realiza um compartilhamento de fotos e registros sobre o patrimônio e a história de Sabará.

Com 2 semanas de ação nos ônibus da cidade, a Campanha de Compartilhamento de Fotos tem sido avaliada positivamente entre os sabarenses que utilizam o serviço de transporte público. Segundo o sabarense Roneie Andrade, de 27 anos, esta campanha é um forte atrativo para que outras pessoas conheçam a história de Sabará. “ É importante por que nós conhecemos a história e esses lugares. Só que outras pessoas de fora não a conhecem. Então, serve para difundir a nossa história para outras pessoas”, conta o jovem que também salienta a importância em preservar e cuidar do patrimônio. “Esta campanha também tem o apelo de incentivar um maior cuidado com o patrimônio e a cidade. Que as pessoas se preocupem mais”, enfatizou o jovem.

A Campanha de Compartilhamento de Fotos Antigas é uma vertente do Projeto Memória Emotiva Olhares Sobre o Patrimônio, realizado pela AFFAS, patrocinado pela Arcellor Mittal Brasil, aprovado pela Lei Estadual de Incentivo à Cultura de 2009, em parceria coma Prefeitura Municipal de Sabará.

Patrimônio e oficinas

Simultaneamente a Camapnha de Compartilhamento de Fotos Antigas, está ocorrendo outra ação do Projeto Memória Emotiva Olhares Sobre o Patrimônio. Na sede da AFFAS, no Bairro General Carneiros, localizado na divisa de Sabará e Belo Horizonte, cerca de 40 jovens de 10 a 16 anos, de algumas escolas públicas do município, participam de duas oficinas de fotografia. Uma oficina de animação, com 31 participantes, ocorre na Escola Estadual Adélio Castelo Branco, localizada no Centro Histórico de Sabará.

Estas oficinas convidam seus participantes à descobrirem mais sobre estas mídias e desenvolverem trabalhos práticos que envolvam o tema do patrimônio. Estas oficinas estão na segunda fase de duração, com novas turmas. Durante a primeira fase, realizada nos meses de julho e agosto, jovens sabarenses puderam produzir documentarios, ensaios fotograficos e vídeos animação, relatando e contando a situação do patrimônio sabarense.

2 comentários:

  1. Olá!!! Bom saber dessa noticia!!! Morei em sabará no ano de 2001 e me me apixonei pela cidade...mesmo nunca voltando... Mas o que quero dizer é que tenho um livro que parte dele foi escrito quando morei na cidade. Se chama "Sabará Sabia e outros Sabiás", são poemas e muitos falam de sabará. De seus coretos, ruas, negros. Gostaria de enviar já que está dentro da temática do projeto descrito acima. Para quem poderia enviar?

    Grande abraço e parabéns.

    Danielle Terra

    ResponderExcluir
  2. detalhe: meu email: daniterra20@gmail.com

    ResponderExcluir